domingo, 13 de dezembro de 2015

Calcite com Fluorite Amarela e mais!

Calcite com Fluorite, Dolomite e Pirite 1.1

 Uma magnifica associação de minerais de Calcite em "dente-de-cão" com cor rosada e Fluorite amarela com vários pontos de nucleação de Pirite, com a fluorite associa-se Dolomite de cor branca.
 Com uma dimensão de 13x8x6cm este exemplar veio das Astúrias, Espanha. 


Em relação às propriedades da Calcite:
  • Calcite- A calcite pertence à classe dos Carbonatos com a formula química, CaCO3, é portanto um carbonato de cálcio. A sua estrutura é representada por um romboedro alongado, onde nos vértices e centro se encontram os átomos de cálcio (Ca), ao longo do eixo vertical situam-se, alternadamente, o carbonato (CO3) com o Cálcio. Pertence ao sistema cristalino trigonal e pode cristalizar segundo hábito romboédricos, escalenoédricos prismáticos e também, mas menos frequente em hábitos bipiramidais como neste exemplar . Em relação á cor, a Calcite apresenta uma grande variedade sendo que quando é pura é incolor ou esbranquiçada e as restantes cores dependem do grau e do tipo de impurezas na sua constituição e pode apresentar cores como amarelo,azul,castanho,  cinzento, laranja, rosado, verde,vermelho, etc. Em relação ao brilho, pode-se apresentar Vítreo, Sub-vítreo, Resinoso, Ceroso, Nacarado. Por vezes a calcite pode ter fluorescência aos raios ultra violeta quando iluminada por raios ultravioleta emitindo cores como vermelho, rosa, amarelo e azul. Em relação à dureza esta é de 3 na escala de mohs pelo que pode ser riscada pela navalha. Tem uma clivagem perfeita e uma fractura concoidal a irregular. A sua densidade é de 2.71 (g/cm3). A Calcite é um mineral tipicamente de génese sedimentar quer por precipitação química, quer por sedimentação de corpos biogénicos calcificados, também pode ter origem metamórfica e raramente magmática.
     Cristais de calcite pura e cristalina perfeita como Espato da Islândia é utilizada como polarizador para microscópios petrográficos. Calcite em massas compactas utilizam-se em construção civil tanto em cimentos como para ornamentação, utiliza-se com bastante versatilidade na industria química.


Próxima imagem gentilmente cedida por Mark Holtkamp (www.smorf.nl)


Calcite em "dente-de-cão" - {211}



Calcite com dolomite e nucleações de pirite 1.1
Calcite com dolomite e nucleações de pirite 1.2

Calcite com Fluorite, Dolomite e Pirite 1.2


sábado, 12 de dezembro de 2015

ROV - Luso

 No âmbito da disciplina de Geologia Marinha, unidade do 3º Ano de Geologia das turmas do Ramo de Recursos Naturais, foi nos dada a possibilidade de ir visitar a Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental em Paço de Arcos.
 Foi nos dado a conhecer e como funciona o projecto Nacional para alargar as fronteiras marítimas de Portugal no qual a compra de um submersível não tripulado foi crucial para o estudo dos fundos marinhos. Este veículo de operação remota o "ROV Luso" foi um dos muitos investimentos do Estado Português em grande escala, e que no futuro poderá compensar com o reconhecimento da UE das novas fronteiras de Portugal. Uma das futuras fontes de recursos naturais para a humanidade será os recursos minerais e hidrocarbonetos que se encontram em offshore e Portugal poderá vir a ser reconhecido mundialmente como uma fonte destes recursos dada a grande área que poderá vir a ter sobre sua soberania. 

Para mais informações sobre o ROV Luso e Missão para a Extensão da Plataforma Continental clica Aqui.

As seguintes fotos e vídeo mostram as instalações e ROV Luso a ser colocado num tanque de testes.

ROV Luso 1.1

ROV Luso 1.2
ROV Luso 1.3
ROV Luso 1.4
Sala de comandos do ROV Luso

video